fernanda fragateiro

Nasceu no Montijo, em 1962. Vive e trabalha em Lisboa.

Com uma obra multifacetada, Fernanda Fragateiro explora o espaço nos seus diversos significados e manifestações fenomenológicas, sejam arquitectónicas, escultóricas, privadas e públicas, temporais e sociais. O seu trabalho altera e reconfigura espaço através de objetos e intervenções urbanas e na paisagem, alterando o espaço e a sua percepção e significado. Variando na escala e nos suportes utilizados, o trabalho da artista mantém um estilo marcadamente definido, nascido de uma estética minimalista da forma, cor e textura.

O trabalho de Fernanda Fragateiro foi exposto no Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa (2012) Dublin Contemporary, Irlanda (2011), na Trienal de Arquitetura de Lisboa (2010), bem como em instituições públicas e museus, tais como a Fundación Marcelino Botín, Santader, Espanha (2009); IVAM, Valência, Espanha (2008); Centro Cultural de Belém, Lisboa (2006); Fundação de Serralves, Porto (2005); Fundación La Caixa, Caixa Forum, Barcelona, Espanha (2004); Culturgest, Lisboa (2003).

Seleção projetos públicos: “Concrete Poem”, Vila Nova da Barquinha (2012); “Desenho suspenso”, Parque Natural do Pisão, Cascais (2011); “Através da paisagem”, Estação Biológica do Garducho, Mourão (2008-2009); “Ar, terra, água, luz, aço e tempo”, Casa da Cerca, Almada (2008); “Um círculo que não é um círculo #2”, Pátio da Universidade Politécnica de Valência, Espanha (2008); “Não ver”, Mosteiro de Alcobaça (2008); “Não pensar”, Casa da Música, Porto (2007); “Jardim das Ondas”, Parque Expo, Lisboa (1998).

Fernanda Fragateiro encontra-se representada em coleções institucionais e particulares: Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto, Portugal; Colecção de Arte da Fundação EDP, Lisboa, Portugal; Fundação Gulbenkian, Lisboa, Portugal;  Coleção António Cachola, Elvas, Portugal; Coleção Berardo, Lisboa, Portugal; Coleção de Arte Contemporânea da Caixa Geral de Depósitos, Lisboa, Portugal; CGAC, Santiago de Compostela, Espanha; Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, Madrid, Espanha; Fundación Marcelino Botín, Santander, Espanha; Fundación La Caixa, Barcelona, Espanha; Museo de Arte Contemporáneo de Málaga, Espanha.

Fernanda Fragateiro expõe regularmente na Galeria Elba Benitez (Madrid), Arratia Beer Gallery (Berlim) e Galeria Baginski (Lisboa).